SEGUIDORES

quarta-feira, 17 de março de 2010

"Ministro da Justiça adverte para impacto de piso para PMs"


O ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, manifestou preocupação a possibilidade de aprovação do piso salarial nacional para policiais e bombeiros. A medida está prevista no substitutivoEspécie de emenda que altera a proposta em seu conjunto, substancial ou formalmente. Recebe esse nome porque substitui o projeto. O substitutivo é apresentado pelo relator e tem preferência na votação, mas pode ser rejeitado em favor do projeto original. às PECs 300/08 e 446/09. O texto principal foi aprovado em primeiro turno pela Câmara no início do mês. Os deputados ainda precisam votar os destaquesMecanismo pelo qual os deputados podem retirar (destacar) parte da proposição a ser votada para ir a voto depois da aprovação do texto principal. A parte destacada (artigo, inciso, alínea) só volta a integrar a proposição se for aprovada nessa votação posterior. Nesse caso, os interessados em manter o trecho destacado é que devem obter o quorum necessário à sua reinclusão no texto. Podem requerê-lo 10% dos deputados (51) ou líderes que representem esse número. Nesse caso, é chamado destaque de bancada. apresentados ao texto. O ministro esteve reunido hoje com o presidente da Câmara, Michel Temer, para discutir propostas de interesse de sua pasta.

O substitutivo estabelece prazo de 180 dias para implantação do piso e cria um valor provisório ( R$ 3,5 mil para os policiais de menor graduação e R$ 7 mil para os oficiais do menor posto) até que seja editada a lei para regulamentar o valor definitivo.

O ministro explicou que a adoção do piso no prazo previsto no texto aprovado provocará um impacto imediato de cerca de R$ 17,8 bilhões. Ele argumenta que os estados não terão como arcar com essa nova despesa, e a União acabaria tendo que complementar recursos dos governos estaduais.

Ele disse a Temer que o mais adequado seria a implantação gradual do piso.

Reportagem – Silvia Mugnatto/Rádio Câmara

Edição – Paulo Cesar Santos

5 comentários:

  1. Alerta!,Alerta!Será que ninguém recorda que a intenção do executivo é aplicar aquele piso de R$ 3.200,00 reais a ser integralizado até R$ 2016. Pensem bem, em 2016 R$ 3.200,00 é o mesmo que recebemos hoje!!!

    ResponderExcluir
  2. Olá companheiro(a)!

    O Cordel da Bola de Fogo mudou de nome! Agora se chama: Policiais e Bombeiros do Brasil. Se puder atualize o meu link para darmos continuidade à parceria. O novo link é http://www.policiaisebombeirosdobrasil.blogspot.com/

    Um forte abraço, sucesso em sua caminhada e
    JUNTOS SOMOS FORTES!!!!

    Cb BM Sardella.

    ResponderExcluir
  3. O Governo está contra a PEC e contra os policiais do Brasil inteiro! Preicisamos nos unir e mostrar nossa força, chega de ser tratados como idiotas! Usaremos todos os recursos disponíveis para pressionar o PT.
    Visite meu blog http://ajmuchel.blogspot.com/ APOIO TOTAL A PEC 300 dos POLICIAIS.
    Agiremos democraticamente até conseguir alcançar nosso objetivo que é "UM BRASIL MELHOR". Mtu bom o trabalho do seu blog.

    terça-feira, 23 de março de 2010
    O Presidente LULA admiti que mentiu sobre o "MENSALÃO".
    Em 2005 A Folha de S.Paulo revelou que o deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ) entregou congressistas aliados que recebiam o que chamou de um "mensalão" de R$ 30 mil do tesoureiro do PT, Delúbio Soares. Em nota assinada pelo presidente nacional do partido, José Genoino, o PT negou as declarações do presidente do PTB, Roberto Jefferson (RJ). De acordo com a reportagem, Jefferson conta que, em janeiro de 2005, falou pessoalmente com Lula, que sempre negou ter tido essa conversa.
    O jornal A Folha de S. Paulo publicou há 10 dias que Lula vai reconhecer - que faltou com a verdade - pela primeira vez, admitindo que conversou sim com Roberto Jefferson em 2005 sobre o esquema de compra de congressistas aliados, o mensalão.
    Em 2005 Lula nega ter tido qualquer conversa com Roberto Jefferson sobre o mensalão. Agora, cinco anos depois volta atrás no que disse e assume publicamente que "mentiu". Parecesse uma brincadeira mais o fato é mais comum do que se imagina.

    Infelizmente o Presidente sempre se contradisse.
    Veja no vídeo o que Lula disse/nãodisse sobre seu projeto Bolsa família.

    "Lamentávelmente, você tem uma parte da sociedade que pelo alto grau de EMPOBRECIEMENTO, ela é conduzida a pensar pelo estômago e não pela cabeça. É por isso que se distribui tanta cestabasica...perto das eleições..." Luiz Inácio Lula da Silva.


    Você quer saber mais uma?

    O presidente defende publicamente que a seguraça pública no Brasil precisa ser priorizada. Mas o que está acontecendo no congresso Nacional é justamente o contrário. Ao que parece - no entendimento dos mais de 700.000 mil policiais do Brasil - o Presidente Lula e o PT estão tentando matar a única esperança de melhoria para a classe a chamada PEC 300.
    às 07:06 0 comentários Postado por Arnaldo J. Muchel
    Reações:
    Bahia. Jovem de 22 anos decapitou a mãe com uma foice e fugiu levando a cabeça.
    Um jovem decapitou a própria mãe a golpes de foice e fugiu levando a cabeça. A barbarie ocorreu na manhã desta segunda-feira (22), na Fazenda Lagoa Mari zona rural de Uauá, nordeste baiano.
    Segundo os familiares, José Gilmar Nascimento dos Santos de 22 anos, sofre de problemas mentais e matou a mãe Maria Lúcia Nascimento dos Santos de 55, durante um surto psicótico. Veja o post aqui.
    às 05:00 1 comentários Postado por Arnaldo J. Muchel
    Reações:
    segunda-feira, 22 de março de 2010

    "O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." Ministro Celso de Mello

    ResponderExcluir
  4. O Governo está contra a PEC e contra os policiais do Brasil inteiro! Preicisamos nos unir e mostrar nossa força, chega de ser tratados como idiotas! Usaremos todos os recursos disponíveis para pressionar o PT.
    Visite meu blog http://ajmuchel.blogspot.com/ APOIO TOTAL A PEC 300 dos POLICIAIS.
    Agiremos democraticamente até conseguir alcançar nosso objetivo que é "UM BRASIL MELHOR". Mtu bom o trabalho do seu blog.

    "O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." Ministro Celso de Mello

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    Recentemente o Instituto Sangari publicou estudo sobre a violência nos últimos 10 anos no Brasil. Dados alarmantes, que demonstram que a violência que nos assusta no local onde moramos é um fenômeno nacional. O QUE ESTÁ ACONTECENDO? ALGUMAS REFLEXÕES? QUAL O PAPEL DE TODOS? Leia! Divulgue e deixe seu comentário:
    www.valdecyalves.blogspot.com
    Veja um vídeo do qual participei comentando sobre a violência na mídia:
    http://www.youtube.com/watch?v=ljsdz4zDqmE
    FELIZ PÁSCOA PARA TODOS! Não deixe de seguir o meu blog e assinar o feed.

    ResponderExcluir