SEGUIDORES

sábado, 30 de maio de 2009

"MAIS DENUNCIAS"


DENÚNCIA I
“Fiquei sabendo por um amigo do 6º BPM que o major e o capitão do 6º BPM responsáveis pelo policiamento do Maracanã estão cobrando R$50,00 para o policial não trabalhar na escala extra do Maracanã, ou seja , estão escalando policiais de outros batalhões para suprir a necessidade que eles acham que precisa e enchem o bolso deles com o dinheiro dos PPMM... ESCLARECENDO que os PPMM são escalados e tem que ir até no maracanã para apertar a mão desses canalhas e que se o jogo está precisando de cem policiais para trabalhar, eles escalam 150 a 200 homens, isso porque já tem os otários dos praças para pagarem a estes ratos........ISSO É UMA DENÚCIA VERÍDICA, O NOME DELES, NÃO ME LEMBRO MUITO BEM MAIS É ""CASTRO""....""BRAGA"... ALGUMA COISA ASSIM, UM ABRAÇO”
.
DENÚNCIA II
"Como já se sabe o 23º BPM e uma verdadeira vergonha, um antro de roubalheira e injustiças que só são cometidas com os praças. Semana passada, sumiu uma moto aprendida por documentação irregular, que estava no pátio do BPM aguardando para ser rebocada para o Pátio Legal. Foi uma surpresa quando o reboque chegou para retirar a moto, pois a mesma havia sumido de dentro do pátio do BPM, de imediato foi presa toda guarda do quartel e oficial de dia ( Sub. Tenente Sergio) e adjunto (Sgt. Barbosa), posteriormente se soube que se tinha um oficial (Maj. Jansen) envolvido neste episodio, que tinha liberado a moto pois era de um amigo, ou sabe-se lá porque? Infelizmente o CMT Castro Lima, compactuou com o MAJ.Jansen, nada fazendo e mandando que todos esquecessem o assunto, pois o amigo do MAJ. Jansen, no dia seguinte voltou com a moto para o pátio do BPM "
.
DENÚNCIA III
“Quando o Flamengo foi campeão Carioca todo expediente foi prorrogado pelo CMT Lima Castro para o mesmo comemorar em seu gabinete, pois foi levada até ele a Taça de Campeão. Todos esperando o mesmo liberar para irem embora, um desrespeito total do CMT. Outra, o Arquivo Geral do 23º BPM tem muitas assombrações (Fantasmas) e nas CIAS também, pois os mesmos são tirados as faltas e não aparecem para trabalhar, sabe-se lá fazendo o que ( podem estar na segurança, matando, na milícia, etc...) mas estão cobertos pela escalas, e as denuncias não param por aí , vamos ao rancho, quando se entra no mesmo tem um exército de baratas pelas comidas (uma vergonha), tem um SUB TEN e um SGT na p/1 do BPM ( SUB TEN ALCIDES e SGT NÉLIO ) que com eles é muito fácil sair do serviço extra $$$, já se teve varias denúncias até mesmo na época do CEL MILLAN ex CMT do 23º BPM , onde o mesmo chegou a colocar o pessoal em forma para falar sobre as denúncias , mas nada foi feito até hoje. O policiamento na área do BPM é todo vendido (Quer uma viatura na porta do Hotel, pague por ela) uma vergonha. Toda hora são liberadas motos e carros do Pátio do BPM “a bem da disciplina $$$” e ninguém vê nada, as Operações na Rocinha são combinadas e avisadas a associação de Moradores, as apreensões são todas gol de mão (vergonha) precisamos aqui chamar a Policia Federal, para investigar esse antro de Bandidos Fardados.”
.

sexta-feira, 29 de maio de 2009

"SGTs PMs SACRIFICADOS EM CURSO NO CFAP"

"Sargentos denunciam maus tratos e cvardias no CFAP"
.
Sargentos que estão no CFAP 31 de voluntários confirmando divisa reclamam que estão sendo tratados como recrutas. O Comandante do CFAP tem colocado a tropa em forma por horas embaixo do sol escaldante, tem feito os sargentos com mais de quinze anos de polícia marcharem até o portão do CFAP diariamente. A escala de serviço está apertada nos finais de semana, pois a reclamção é de que alguns "PEIXES" quase não tiram serviço, enquanto outros estão sendo escalados constantemente. O curso tem sido bem informativo, mas está tamanho o sacrifício pela escalação em jogos de futebol em diversos estádios e em diversos eventos. A tropa tem ficado em forma para almoçar no rancho por bastante tempo. O que se obtém em um curso desumano na Polícia Militar, onde Homens de certa idade, pais e chefes de família são destratados por meia dúzia de homens só porque são oficiais e superiores hierarquicos? Cadê o respeito ao guerreiro que durante longos e arduos anos combateu o crime nas ruas para dar tranquilidade a sociedade e promoções a Coronéis? Está difícil ser Policial Militar com tanta sacanagem!!!
.
.
DENUNCIEM!!!
.

terça-feira, 26 de maio de 2009

"Governo do Rio paga Mal ao seu funcionalismo porque quer"
O Governador do Rio paga salários baixo por que quer, tendo base nas informações do Secretário de Fazenda Joaquim Levy. Nota-se então o tamanho descaso do governo com a valorização salarial de seus servidores, que no geral encontram-se insatisfeitos com a política Estalinísta do atual Governador, que mostra-se ser um verdadeiro ditador. Exemplo da discriminação entre as classes é o aumento que está sendo dado aos Agentes Penitenciários, que estão recebendo um aumento gradativo em seus contra cheques, e tudo está acontecendo na surdina.
O Governador do Rio está causando uma tamanha discriminação, não que o DESIP não mereça aumento significativo, mais por que só a área carcerária está recebendo um aumento digno e por debaixo dos panos? Dessa forma nota-se que há favorecimento a algumas classes e desvalorização de outras quando é dado aumento a determinados funcionários públicos estaduais.

"SARGENTO DO 22º BPM MORRE EM CONFRONTO NA MARÉ"

PM perde mais um no Complexo da Maré Sargento levou bala no peito e não resistiu. Na troca de balas, mais quatro pessoas tomaram chumbo dentro de uma kombiColaboração de Marcelo Fernandes A Polícia Militar sofreu mais uma baixa, na manhã de ontem. Um sargento, lotado no 22º BPM (Maré), morreu, após ser alvejado, por criminosos, dentro da Favela Parque União, no Complexo da Maré, no bairro de Bonsucesso, Zona Norte da cidade. Além do óbito do PM, outras quatro pessoas, que estavam a bordo de uma Kombi que passava no momento, foram feridas. A ocorrência começou durante um patrulhamento de rotina, no qual o sargento Ângelo de Oliveira Junior, 44 anos, estava. A viatura foi encurralada, por traficantes da região, na entrada da comunidade, na Rua Brigadeiro Trompowski, próxima à Linha Vermelha, e pediu reforço pelo rádio. Durante o tiroteio, Ângelo foi atingido no peito, acima do colete à prova de balas. Uma outra patrulha do Batalhão de Vias Especiais (BPVE) foi deslocada para ajudar e também foi atingida no motor e em um dos pneus. — Foram muitos tiros. Eles (os bandidos) encurralaram a viatura, e, quando chegamos, estávamos sob fogo cerrado — contou um PM que fora dar apoio ao colega. O confronto continuou até a chegada de outras viaturas e do veículo blindado da corporação, que retirou o oficial da comunidade e o levou até o Hospital Geral de Bonsucesso (HGB). As vítimas que estavam no interior d a Kombi foram identificadas como Rosivalda de Lima, 34 anos, com um tiro de raspão na cabeça, Emília Lima da Silva, 31 anos, na perna esquerda, Márcia da Glória Costa, 42 anos, atingida de raspão na perna esquerda, e Orlando Oliveira Araújo, 50 anos, na perna direita. Eles foram avaliados pela equipe médica e não correm risco de morte. O caso foi registrado na 21ª DP (Bonsucesso). À tarde, mais dois PMs foram baleados no Parque União, enquanto tentavam fazer a perícia do tiroteio que acabou com a vida do sargento.Comunidade ferve desde sexta-feiraNa última sexta-feira, a Polícia Civil realizou uma operação no Complexo da Maré. Três homens, acusados de pertencer a uma quadrilha de ladrões de carros e coletivos, foram presos. Em um bar na comunidade do Parque União, os policiais ainda apreenderam 15 máquinas de videopôquer e 11 caçaníqueis. Até o momento, 75 policiais foram alvos de atentados no Estado do Rio. No nono dia do mês de maio, a estatística já possui 41 PMs e sete policiais civis mortos, além de 27 policiais militares, um civil e um rodoviário federal baleados.

"SAI MAIS UMA DENÚNCIA DO 21º BPM"

.
"OLHA AÍ CORREGEDORIA!"
.
"Nós do efetivo do 21º BPM estamos assustados com tanta corrupção de Oficiais. Certamente a qualquer momento teremos uma guarnição de RP assassinada pelos traficantes ou outro grupo de marginais por conta da irresponsabilidade desses Oficiais. Realmente a guanição de PATAMO do Cabo Manhães é quem pega o arrego do Traficante Micrú e repassa aos Oficiais. Essa guarnição para enganar a opinião da tropa faz vários "gols de mão" em harmonia com o tráfico.Outra vergonha é o "Modus Operandi" do Capitão Arthur em conluio com o Tenente Antunes. Os caras tem a capacidade de cobrar 50 reais de cada guarnição de RP por semana para se manterem no setor, senão são ameaçados de transferência, chegando ao ponto do Tenenete Antunes ao realizar sua "Superisão" cobrar propina dos Patrulheiros para não proceder por qualquer suposta transgressão verificada (fora do setor e sem cobertura).Tá uma vergonha.QUEM QUISER APURAR VAI CONFERIR TUDO. As 15 Cooperativas de Kombis Piratas pagam cada uma 500 reais por semana para rodarem à noite sem documentação adequada e em mau estado de conservação. Todo o dinheiro é arrecadado pelo Sargento Dorinaldo e pelo Cabo Mesquita e repassado aos Oficiais (Majores Bramili e Cleiton, Capitães Arthur e Cristiane e os Tenenetes Ivo Reis, Antunes, Fonseca e Michele). Todos levam o seu quinhão. As 42 GATONETS da cidade lideradas pelo MEGA-MAFIOSO Junior Gringo e adiministrada pelo Chefe da P/2, Tenente Ivo Reis que determina aos Sargentos Arom e José a missão de arrecadar todo o montante e repassar aos mesmos Oficiais. Isso tudo sem falar no "Arrego" do Jogo do Bicho e das Máquinas caça-níqueis. E o Comandante do Batalhão, Tenente-Coronel Fernandes (O HAWENGAR), "não consegue" ver nada. "Não sabe de nada". Até a hora de termos companheiros cruelmente assassinados no combate aos mau-feitores. Isso tem que parar URGENTE."
.
Mas nem todos do 21º BPM são safados, viciados em dinheiro sujo, segundo outro leitor, tem gente boa no BTL.
.
"Aqui no 21º BPM ficamos felizes de sabermos que o Capitão Castilho, o Tenente Barreto, o Tenente Costa e o Tenente Lucas estão fora dessa roubalheira. Os caras são honestos, mas o que que adianta se os seus superiores estão todos enlamiados. Principalmente o Major Cleiton, representante da contravenção da Zona Oeste. Parece que é maluco, mas é um Oficial mafioso, um grande bandidão!"
.
Para não cair no esquecimento:
23° BPM -
Denúncia
15º BPM - Denúncia
14º BPM - Denúncia
BPVE - Denúncia
Corregedoria - Denúncia
BPTur -Denúncia
.
Entre outras.

segunda-feira, 25 de maio de 2009

"LEITOR DO BLOG PRAÇAS DA PMERJ DENUNCIA 21º BPM"

"Denúncia sobre arrego pago aos oficiais do 21º BPM"
.
“Enquanto isso no 21º BPM vários Oficiais estão se locupletando com envolvimento com o tráfico de drogas. Os Majores Bramili e Cleiton, o Capitão Arthur e os Tenentes Antunes, Ivo Reis e Fonseca dividem os R$20.000,00 semanais que o Traficante Micrú paga para poder vender Cocaína à vontade nos morros Guarani, Vila Ruth, Gonçalves e Cruzeiro. O arrego chega nas mãos desses Oficiais corruptos através do Cabo Manhães, que comanda uma guarnição de PATAMO. Isso é uma vergonha. E o Comandante, Ten Cel Fernandes, tem problemas de saúde: Não vê, não ouve e não sente. E a tropa vive em perigo. Os traficantes a qualquer momento irão assassinar àqueles Policiais Militares que estiverem combatendo os seus interesses.Isso tem que parar URGENTE!!!!!!!”
.
Cadê a corregedoria nesta hora! Não é só para apurar e prender o cabo, pois ele está lá a mando dos oficiais citados pela denúncia. Cadê o nosso severo governador que determinou uma reunião entre as DPJMs, com a finalidade que o Comandante geral determinasse que qualquer caso de crime, suposto crime, envolvimento ilícito e desvios de conduta fossem tratados com severo rigor, para que o policial seja posto na rua. Onde vai parar a corporação se apenas os praças criminosos forem punidos?
Quando haverá realmente a prisão de oficiais criminosos? Por que as corregedorias não investigam a vida dos oficiais a fundo como deveria? Por que só a Polícia Civil e a Polícia Federal prendem os oficiais da PMERJ? Será que ninguém está enxergando o corporativismo entre essa cambada de bandidos, e notando que eles se ajudam mutuamente abafando seus crimes?
A Polícia Militar do Rio de Janeiro está servindo de guardinha para as sacanagens dos oficiais da corporação, pois para que se preocuparem com praças mortos em serviço ou de folga se o arrego nunca deixa de vir???
A PMERJ tem que ter a intervenção do Comando Militar do Leste no Comando das Unidades Operacionais. Que sejam retirados os Coronéis PM e sejam nomeados Coronéis do EB.

sexta-feira, 22 de maio de 2009

"ENQUANTO A BANDIDAGEM MATA POLICIAIS OS OFICIAIS FESTEJAM"

Polícia Militar
.
O Rio de Janeiro é mesmo uma cidade tranquila. Tanto que o Boletim da Polícia Militar publicou na sua edição de quarta-feira um pedido de liberação para todos os PMs que fizeram parte da turma de aspirantes de 1984 - Major Getúlio Fisckelscherer Gaio. A partir das 10 horas de ontem, quinta-feira, oficiais poderiam se reunir na área de lazer da Academia D. João VI, em Sulacap para comemorar os 25 anos da turma. O documento ainda informava que qualquer informação sobre o evento deveria ser prestada pelo coronel Marcos Jardim, responsável pelo Comando de Policiamento de Área da Capital do Rio ou pelo coronel Álvaro Garcia, comandante das Unidades Especiais da PM. Foi mais uma comemoração em um mês em que a Polícia Militar realizou uma série de solenidades para festejar os seus 200 anos. E você o que acha? Comente se a PM tem motivos para comemorar.

quinta-feira, 21 de maio de 2009

.
Dois PMs são mortos em Santa Cruz
.
"Os policiais militares Gilder Dutra da Silva e Luiz Antônio Brasil foram assassinados, no fim da tarde desta quarta-feira, em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio. Os cabos estava de serviço e conversando dentro de um Gol cinza, particular, quando foram surpreendidos com a chegada dos homens, na Rua General Olímpio, local conhecido como Jaqueira. Segundo testemunhas, os criminosos teriam chegado atirando.
Gilder, que era lotado no Policiamento no Complexo Penitenciário de Bangu, morreu ainda no local. Luiz Antônio, que trabalhava no Batalhão de Policiamento em Vias Especiais (BPVE), foi levado com vida para o hospital, mas morreu antes de ser atendido"
.
Esta é a recompensa por ser Policial Militar no Rio!
Cadê agora o pronunciamento do Comandante Geral da PMERJ, será que o mudinho não vai se pronunciar e sequer caçar os criminosos responsáveis por isto? Estamos cansados de sermos caçados e assassinados pela marginalidade enquanto os Comandantes de Batalhões nada fazem por causa dos arregos, que para eles são uma espécie de aposentadoria. Outro dia um Ratonel colocou a tropa em forma e disse que após sair Ratonel Full para ele só faltava comprar um barquinho para passear com a família, e imaginem de onde sairá o recurso para isso. Sairá com certeza de mais mortes de praça pela marginalidade que enchem os bolsos desses safados. O pior é que os praças nada fazem para isso mudar!!!

domingo, 17 de maio de 2009

"PMERJ" O ESPANTALHO DO CRIME!!!

PMERJ!
UMA POLÍCIA DESVALORIZADA!
.
Tenho notado nos Blogs amigos por aí a fora o descaso do Governo do Estado com a PMERJ. É notório ver nas ruas Policiais Militares fardados trabalhando como escravos em escalas de serviço cansativas, e com o mínimo de logística possível. O Policial Militar do Rio está cansado com o sucetivo descaso do Governador e do Secretário de segurança, que vêm fechando os olhos para a sacanagem no oficialato da corporação. Os oficiais da PMERJ que cometem crimes são geralmente absolvidos pelo conselho disciplinar ou são colocados na reserva remunerada sem a perda da função. Por que será que isso está ocorrendo e ninguém faz nada?
.
Oficiais da PM não são colocados na rua por cometerem crimes, pois quem os julga nos conselhos disciplinares também são os oficiais, e por corporativismo de oficialato não há o devido julgamento nas ilicitudes cometidas por eles. Nunca vi um oficial ir para rua por cometer crimes, mas já vi vários praças serem colocados na rua por motivos fuleiros. Quem lê noticiários e acompanha de perto as divulgações da mídia em relação a corporação pode perceber que, em crimes cometidos por praças e oficiais conjuntamente, somente os oficiais acabam absolvidos e os praças são excluídos da corporação sem prévio direito de defesa. Basta o Comandante Geral assinar e o praça está na rua. Será que por um homem ser oficial quer dizer que ele é menos criminoso do que um homem que é um praça? Qual será a alegação dos oficiais para colocar praças criminosos na rua e deixar que oficiais criminosos continuem na corporação e voltem para os batalhões para comandar tropas???
.
A Polícia Civil do Rio está perdendo o respeito pela PMERJ, por causa do descaso dos Coronéis Comandantes de Unidades Operacionais que estão arregados nas favelas e não deixam suas tropas combaterem o tráfico. No Rio só a Polícia Civil trabalha, e por vista está fazendo um excelente trabalho, não que eu esteja contra a minha corporação, mas na verdade só eles estão tendo a possibilidade de combater o crime de verdade. Com a nova geração de Delegados a PCERJ está atuando de forma mais eficiente, enquanto na PMERJ os oficiais Comandantes que assumem os Batalhões só querem se arregar com o tráfico, jogo de bicho, transportes alternativos e ônibus irregulares da área que comandam. Será que o Governador e o Secretário de Segurança não sabem disso???
.
A PMERJ só está servindo para ficar nas ruas como bonecões de posto, dando uma falsa sensação de segurança a população. Não há uma política salarial e nem logística para a PMERJ. Os policiais estão jogados nas ruas sem o mínimo de amparo do Governo, que pensa que trocar viaturas é o suficiente para se ter uma boa Polícia Militar!
.
O Blog está aí, basta denunciar e será dada a devida atenção a cada denúncia!!!
Deixem seus comentários, pois trabalho em cima da opinião dos visitantes do Blog!!!

sexta-feira, 15 de maio de 2009

"DESSA VEZ O COMANDO DA PMERJ DEVE DAR UMA REPOSTA"

Oficial da reserva da PM é baleado ao reagir a uma tentativa de assalto no Méier
.
Cristiane de Cássia
.

RIO - O coronel da reserva da PM Alídio Afonso de Oliveira Bastos Neto, de 66 anos, foi baleado ontem à noite ao reagir a uma tentativa de assalto no Méier, Zona Norte do Rio. Por volta das 20h, ele dirigia um Pólo prata na Rua Silva Rabelo, acompanhada de sua mulher, quando foi abordado por dois homens armados. O oficial reagiu e os ladrões atiraram. Um dos tiros atingiu o ombro do coronel e ele teve o abdômen ferido por estilhaços. Os criminosos fugiram sem nada levar. A vítima foi levada para o Hospital Pasteur, no Méier. O caso foi registrado na 23a. DP (Méier).
.
Só quando oficiais da PMERJ são alvo da criminalidade é que se mobiliza ações de repreensão ao tráfico de drogas da região onde ocorreu o fato. Podem esperar que o que estou dizendo vai acontecer, mas quando morre o praça eles fingem que nada vêem.

quinta-feira, 14 de maio de 2009

"A PEC 300/2008 JÁ TEM A CCP CRIADA PELO PRESIDENTE DA CÂMARA"

.
ATO DA PRESIDÊNCIA





Nos termos do § 2º do art. 202 do Regimento Interno, esta Presidência decide criar Comissão Especial destinada a proferir parecer à Proposta de Emenda à Constituição nº 300-A, de 2008, do Sr. Arnaldo Faria de Sá, que "altera a redação do § 9º, do artigo 144 da Constituição Federal" (estabelece que a remuneração dos Policiais Militares dos estados não poderá ser inferior à da Polícia Militar do Distrito Federal, aplicando-se também aos integrantes do Corpo de Bombeiros Militar e aos inativos).
A Comissão será composta de 17 (dezessete) membros titulares e de igual número de suplentes, mais um titular e um suplente, atendendo ao rodízio entre as bancadas não contempladas, designados de acordo com os §§ 1º e 2º do art. 33 do Regimento Interno.



Brasília, 13 de maio de 2009..




MICHEL TEMER
Presidente da Câmara dos Deputados

"O GOVERNADOR NÃO QUER MESMO VALORIZAR A PMERJ!!!"



200 anos da PM




.
No dia da comemoração do bicentenário da Polícia Militar, o governador Sérgio Cabral anunciou, em solenidade na Academia Dom João VI, em Sulacap, o aumento do efetivo de 37.674 mil para 60.444 mil. Segundo o governador, serão 10 mil policiais até 2010 e o restante nos próximo cinco anos.
- Estamos prevendo incluir 10 mil. Esse padrão deve ser dobrado nos próximos cinco anos - diz Cabral.
A respeito de aumento salarial, o governador afirma que fará um reajuste no segundo semestre deste ano, mas não especificou o percentual:
- Estudamos para o segundo semestre o quanto podemos dar esse ano, mas daremos.

quarta-feira, 13 de maio de 2009

"200 anos de descaso no 13 de Maio de 2009"

"Governador do Rio não anuncia nenhum aumento salarial no dia do Bi-centenário da PMERJ e nem a almejada queda do interstício"
.

RIO - No dia do aniversário de 200 anos da PM, o governador Sérgio Cabral assinou na solenidade de comemoração, em Sulacap, uma mensagem aumentando o efetivo da PM para 60.464 homens. O aumento no efetivo será de forma gradativa, nos próximos cinco anos. O governador pretende dar um aumento para a categoria no segundo semestre, assim como para os bombeiros. Ele não informou, no entanto, o percentual.
.
Não adianta aumentar o efetivo sem que o QDA seja modificado, pois o quadro de promoções já está defasado demais. O Sr Governador Sérgio Cabral não está honrando o que prometeu antes de entrar no Governo do Estado! Quero ver agora qual será a resposta da tropa a toda essa sacanagem que está acontecendo!!!
Os praças unidos são fortes!!!

"DIGNIDADE SALARIAL PEC 300/2008"

.
.
Rio - A Polícia Militar tem muito o que ensinar. Agentes de segurança do mundo inteiro vêm ao Rio participar de treinamento no Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), na Companhia Independente de Policiamento de Cães e no Grupamento Aéreo-Marítimo (GAM). Mas quando a questão é salarial, a PM tem muito a aprender. Ao completar hoje 200 anos, a instituição paga o segundo pior salário entre as polícias militares no País. Um soldado ganha apenas R$ 1.037, brutos, mensais.“É um salário de fome, um soldo miserável”, ataca o deputado federal Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), autor da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 300/2008, que propõe a equiparação da remuneração da Polícia Militar e dos Bombeiros de todo o Brasil com a do Distrito Federal — a maior do País. Com salários e benefícios pagos pelo governo federal, os soldados que atuam na região de Brasília têm piso médio bruto de R$ 3.370.“Se a União complementa a remuneração no DF, por que não fazer o mesmo nos outros estados? Gasto em segurança pública não é despesa. É investimento”, afirma o deputado Marcelo Itagiba (PMDB-RJ).Mesmo um soldado da tropa de elite da PM pensa em deixar a carreira. Sem se identificar, ele estuda para ser advogado. Com sete anos na PM, dois cursos de adestramento, recebe R$ 2.192,55 — a metade, gratificação por ser do Bope. “Continuo aqui enquanto não conseguir outra coisa”, avisa.As qualidades da PM são inquestionáveis. O Bope oferece cursos de Ações Táticas e de Operações Especiais a agentes de várias polícias, como dos Estados Unidos e de Israel. A Cia de Cães, em Olaria, é outro exemplo de excelência. Treina cães para policiamento de choque e resgate de reféns.Para festejar o bicentenário, a instituição realiza solenidade para entrega de espadins a 78 cadetes. Autoridades receberão medalhas. Mas, na hora de apagar as velinhas, a PM merecia levar mais do que bolo.Expectativa por pacote de bondadesApesar do desonroso título de vice-pior salário do País, há expectativa entre os policiais militares de que a comemoração dos 200 anos da corporação conte com o anúncio de um reajuste de 12% da remuneração — entre outras boas novidades. Caso seja anunciado esse aumento, o piso salarial do Rio passaria a R$ 1.161, o que faria o estado sair do 26º para o 22º lugar no ranking nacional das remunerações de PMs.“Seria boa notícia, mas ainda nos falta articulação política. Os PMs de Minas Gerais, São Paulo e DF já fizeram paralisações para forçar reajustes maiores. Aqui há muita divisão”, disse o presidente da Associação dos Militares Auxiliares e Especialistas, Melquisedec Nascimento.Atualmente, apenas os PMs do Rio Grande do Sul têm soldo inferior ao que é pago no Rio: R$ 823,72 brutos. Até ano passado, esse título era dos PMs de Alagoas. Depois de greves, o piso bruto passou para R$ 1.248.Motivação para entrar na corporaçãoQuem quer ser PM? A pergunta feita na edição de ontem de O DIA motivou muitos jovens a declarar por e-mail amor à carreira. “É um sonho de infância e já está no sangue da família”, diz Bruno Tostes, inscrito no próximo concurso, que tem primos nas polícias.Gil Vicente relata que o sonho de infância era ser PM, como o pai. Passou nas provas, mas desistiu por pressão da família: “Quem sabe não realizo meu sonho vendo meu filho entrar na PM”. Andrey Laranja Goes passou no concurso e aguarda resultado do psicotécnico. “Quando entro no Cfap para fazer meus testes, meu sangue ferve e me arrepio todo. Eu preciso ser policial”, vibra.O DIA - Alfredo Junqueira e Élcio Braga

terça-feira, 12 de maio de 2009

"VEJA O QUE DISSE O RELATOR DA PEC 300/2008"




No Brasil, já existe o fundo nacional da segurança pública. Precisamos agregar uma receita que seja destinada exclusivamente para à remuneração militar nos moldes do Fundo Nacional de Combate à Pobreza, que foi criado pelo então senador Antônio Carlos Magalhães (Democratas/BA), para subsidiar os programas sociais, como o bolsa família, bolsa escola, bolsa renda…A viabilidade técnica e legal para a criação deste fundo será analisado, elaborado e formatado, dentro de critérios constitucionais, a partir de agora, pela comissão especial. Para isso, serão envolvidos vários parlamentares, as assessorias técnicas, jurídicas e orçamentárias da Câmara dos Deputados.Da comissão especial, o fundo subsidiário de custeio das despesas advindas da PEC300/08 sairá formatado técnica e jurídicamente. Não é um processo simples. Demandará muita atenção e trabalho. Mas, a Câmara dos Deputados tem pessoas com qualificação técnica, jurídica e experiência suficientes para viabilizar esta receita.Asseguro que haverá, por parte da comissão, um empenho especial para a construção desta receita. Nós estamos trabalhando e precisamos que vocês acreditem no nosso empenho. Agora, a nós parlamentares, cabe a questão técnica da proposta. E, a vocês, cabe a parte política. Vamos consquistar os votos para o plenário!PEC300/08: Eu acredito e não vou parar de lutar!

.

Deputado Mendonça Prado.

13 DE MAIO DE 2009 SERÁ O DIA "D" PARA A PMERJ

Aguardamos que o Sr Governador do Rio de Janeiro se pronuncie neste dia tão esperado do ano para a corporação Policial Militar, que tem esperanças do reconhecimento deste que antes prometera diversas melhorias a corporação. Espero que o Sr Governador saiba o que o espera caso não aconteça o aumento do salário e a mudança no intertício.
Não nos calaremos caso não aconteça o esperado. As mulheres dos praças já farão uma paseata pacífica no dia, tendo em vista que algumas autoridades de Brasília estarão presentes no evento, sendo essa a hora certa de expor o descaso com a PMERJ, que é a Polícia Militar mais antiga do país, e por isso merece o devido respeito.
Esperança é o que resta!!!

"O COMANDO CRIA MEDALHAS PARA HOMENAGEAR POLICIAIS NOS 200 ANOS DA CORPORAÇÃO"

Em comemoração ao bicentenário da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, a corporação concederá medalhas a autoridades, instituições e pessoas civis ou militares durante todo o ano. A condecoração será entregue, junto com um diploma, a profissionais que jamais tenha atacado a honra, dignidade, tradição e serviços da PM; possuam plena posse dos direitos civis; não estejam respondendo a processo criminal; e tenham bom comportamento.

Os contemplados não terão o direito ao uso da medalha caso tenham perdido a cidadania; cometido atos contrários à moralidade da corporação ou da sociedade civil; sido condenados à pena de reforma prevista no Código Penal Militar por sentença transitado em julgado; sido declarados indignos do oficialato; e aqueles que a qualquer tempo tenham sido condenados pela Justiça brasileira por crime contra o erário, às instituições e à sociedade.

Segundo a portaria n° 0320, publicada no Diário Oficial desta terça-feira (12/5), o uso da medalha será permitida nos uniformes dos policiais de acordo com o que prevê o Rupmerj. Nos trajes civis, a condecoração e a roseta serão usadas no lado esquerdo do peito.

A medalha comemorativa do bicentenário da Polícia Militar presta homenagem ao rei D. João VI, que criou a Divisão Militar da Guarda Real da Polícia no dia 13 de maio de 1809. O objetivo era assegurar a vigilância e a segurança da cidade do Rio de Janeiro.

"PMERJ TEM MUITOS MOTORISTAS A DISPOSIÇÃO DE CORONÉIS"

200 anos da PM
Polícia Militar tem 597 motoristas a serviço de comandantes



O problema de falta de efetivo na Polícia Militar passa também pela má distribuição dos PMs, além da falta de soldados, como mostrou a reportagem de ontem da série sobre os 200 anos da corporação. Há 597 profissionais que trabalham como motoristas a serviço do comando dos Órgãos de Polícia Militar (OPM), de acordo com dados de documento reservado da corporação ao qual o EXTRA teve acesso. O número é superior ao efetivo dos órgãos da Corregedoria Interna da PM, como, por exemplo,a Subseção de Justiça e Disciplina (SsJD), que conta com um efetivo de 345 profissionais.

O órgão com mais profissionais à disposição é a Diretoria Geral de Pessoal, que conta com 19. Em seguida, aparece o Estado Maior, com 17 policiais atuando como motoristas.

— Esse número é absurdo. Está faltando praças nas ruas porque eles estão fora de suas funções — critica o presidente da Associação de Ativos e Inativos da PM e bombeiros (Assinap), Miguel Cordeiro.

"POLICIAIS NO RIO SÃO MAIS MORTOS EM FOLGA QUE DE SERVIÇO"


"ROUBO A FUZIS DENTRO DO BATALHÃO DA TIJUCA"

Segundo a imprensa dois fuzis de calibre 7,62 foram furtados da reserva de armamento do Batalhão de Polícia Militar da Tijuca. O cadeado que trancava o local foi arrombado, e após verificações foi notada a falta do armamento.

segunda-feira, 11 de maio de 2009

"OS 200 ANOS DA PMERJ ESTÃO CHEGANDO E ESPERAMOS MELHORIAS"

"VAMOS COBRAR MELHORIAS SALARIAIS!!!"
.
Estamos a dois dias do aniversário de "200 anos da PMERJ", e com isso aguardando com expectativa o pronunciamento do Sr Governador Sérgio Cabral. Circulam comentários na Internet através de Blogs que o Sr Governador anunciará um aumento salarial que será de 13%, e fala-se também na queda do interstício de promoção para os praças. Pressupõe-se que isto é verdade, mas ainda não seria o ideal almejado pela tropa da PMERJ, já que quando houveram as passeatas e o Sr Governador concedeu um benefício de comando com reajuste de 223% aos Coronéis, para que estes acalmassem as sua tropas dentro dos Batalhões, com punições a quem se reunisse em novas passeatas.
Após tantas sugestões e reclamações da tropa o Sr governador não cedeu nenhum benefício aos praças, mesmo que por meio de PECs da ALERJ ou por protestos. Escutei de um amigo um comentário do Sr Governador, de que; O Corpo de Bombeiros Militar do Rio sempre o o apresentas diversas propostas de melhorias para a corporação, enquanto a Polícia Militar do Rio não o leva nenhum pedido. Concluí-se que os Coronéis do alto escalão da PMERJ não estão nem aí para sua instituição, assim como os Comandantes de Batalhões não ajudam sequer a sua tropa. Pelo que sei os cargos de comando são cargos administrativos, e administradores têem por dever melhorar as condições de trabalho dos seus subordinados, pois funcionário satisfeito é sinônimo de bom trabalho. Como um governo que não dá melhores condições aos seus funcionários da área de Segurança Pública quer obter bons resultados no combate ao crime,e pelo o que me consta nos noticiários dos jornais é que, nem o próprio Policial consegue se defender da marginalidade.
Após o dia 13 de maio caso não haja o tal pronunciamento do Sr Governador teremos que nos unir e nos movimentarmos em busca dos nossos direitos. Não aconselho a desordem, e sim pronunciamento público dos praças em razão de melhorias. O Estado com a segunda maior arrecadação não pode pagar um dos piores salários aos seus Policiais.
Façamos o Sr governador se lembrar de que juntos somos fortes...

"NA PMERJ TEM MUITO CACIQUE PARA POUCOS ÍNDIOS"


Enquanto faltam cerca de 15 mil soldados nas ruas, PM possui 200% a mais de coronéis do que o previstoIsabella Guerreiro e Marcelo Gomes, Extra
RIO - Baixos salários, más condições de trabalho e falta de pessoal são velhos conhecidos dos integrantes da Polícia Militar e da sociedade em geral, que também sofre - mesmo que indiretamente - com estes problemas. O último deles, no entanto, poderia ser amenizado apenas com a melhoria da gestão do efetivo atual da PM.
Documento reservado do Estado-Maior Geral da corporação, ao qual o EXTRA teve acesso, mostra que enquanto sobram oficiais em gabinetes, faltam soldados nas ruas. O documento, datado de junho do ano passado, revela que a PM possuía 14.420 soldados a menos do que o previsto. Enquanto o efetivo planejado era de 25.140 homens, naquele mês havia apenas 10.990 soldados. Excesso de coronéis
Na outra ponta da tabela, o cenário se inverte: a corporação previa a existência de 40 coronéis, mas possuía 120 - 200% a mais do que o planejado. Já os tenentes-coronéis eram 237, contra uma previsão de 185: um excesso de 28%.
- É bom frisar que este é o número de policiais na ativa, mas nem todos estão efetivamente patrulhando as ruas. Há aqueles que estão de licença, de férias, que estão cedidos a outros órgãos e os que desempenham funções burocráticas dentro da própria corporação. Com isso, a quantidade de PMs nas ruas é bem menor - disse o deputado Wagner Montes (PDT), presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa (Alerj).
Entre os oficiais, apenas as patentes de capitão e primeiro-tenente possuíam menos policiais que o planejado. Havia 709 capitães, contra uma previsão de 721. E dos 886 primeiros-tenentes previstos, estavam disponíveis 841.
Em junho de 2008 havia 2.950 oficiais na PM - 5,8% a mais do que o previsto, de 2.787. Os oficiais incluem coronéis, tenentes-coronéis, majores, capitães, e primeiros e segundos tenentes.
Por outro lado, dos 40.987 praças previstos, existiam apenas 35.357 - um déficit de 16%. Os praças são soldados; cabos; primeiros, segundos e terceiros sargentos; subtenentes e aspirantes a oficial. São eles que efetivamente patrulham as ruas.
No total, o efetivo da PM também está defasado: a previsão era de 43.774 homens - entre praças e soldados -, mas em junho de 2008 havia apenas 38.307. O déficit é de 14%. Aumento de efetivo
Atualmente há projetos para elevar o efetivo da PM para 43 mil homens em 2010 e 60 mil até 2016.
- A PM precisa de uma reestruturação. O efetivo atual foi estabelecido nos anos 70 - disse Wagner Montes.
Leia mais
Orgulho de ser policial militar
Oficiais fora da PM há vários anos
Pelo visto, há tantos oficiais na PM que a corporação pode se dar ao luxo de ceder vários de seus homens para outros órgãos. O EXTRA teve acesso a uma lista com os nomes de 86 oficiais que estão há mais de cinco anos ininterruptos ou dez anos intercalados cedidos a outros órgãos. Constam da relação três coronéis, nove tenentes-coronéis, 52 majores, 11 capitães e 11 tenentes. Há policiais cedidos ao Tribunal de Justiça, ao Ministério Público, à Assembleia Legislativa, entre outros.
Em nota, a Polícia Militar informou que a grande quantidade de coronéis verificada em junho de 2008 deve-se à chamada "Lei dos 32 anos". Criada em 2002, a lei permitiu que tenentes-coronéis que tivessem 32 anos ou mais de serviço fossem promovidos automaticamente a coronel e, em seguida, fossem para a reserva. Segundo a PM, "vários coronéis estavam sob os efeitos da Lei dos 32 anos e aguardavam passagem para a inatividade".
Ainda segundo a PM, há um projeto que trata da ampliação do efetivo, que prevê concurso público com cerca de 10 mil vagas apenas para praças. Com isso, o efetivo atingiria 43 mil homens até 2010.

"DENÚNCIA DO 23º BPM NO BLOG PRAÇAS DA PMERJ"



.
A SERVIÇO DOS CIDADÃOS DE BEM!
.
Continuem nos ajudando com informações!
.
Vejam a pérola enviada para este nove email!
.
Soube esses dias que o destino do vagaba de DEScomanda o 23º está nas mãos do beltrame.O motivo : quando soube que ia ser trocado o comando no Leblon, o atual fulano ''pranchou'' alguém E COMPROU a nomeação. O preterido soube e denunciou. Ou no mínimo, reclamou, fez protesto etc..
O P-1 foi recém exonerado, por excesso de fantasmas, major silva junior.O P-2 é um tal major jansen, que já foi preso em flagrante inúmeras vezes MAS ESTÁ SOLTO e agindo. O P-3 é o major no DESgoverno do Rio2. A volta da fiscalização pela IGPM sobre a Oficialidade da PMERJ. Protejam à minha identidade. Isto pode acabar comigo. Sabe que me oponho a quase todos os Oficiais. O P-4 era o major nigri, que já assumiu a P-1, e será substituído pelo Capitão Oldair, ainda não sei que tipo é esse Capitão recém transferido. O 23º é um caso de Polícia. Federal ou do Exército.
Por falar nisto, qual a posição do blog em relação a dois pontos :1. Intervenção federal MILITAR A nossa ''missão'' é proteger a boa índole dos Aspirantes, e a de um ou dois Tenentes. Nossa Tropa merece.

"E MORRE MAIS UM PM NO E CADÊ O Sr GOVERNADOR"

.
PM morto na favela Parque AlegriaRonaldo BragaRio - O sargento da PM Angelo de Oliveira Junior de 44 anos foi morto com um tiro no peito e quatro pessoas sairam feridas, agora pela manhã, após um tiroteio no interior da Favela Parque Alegria, no Caju. Os feridos estão no Hospital de Bonsucesso. Mais cedo, a PM foi informada que policiais militares estariam cercados dentro da favela..

sábado, 9 de maio de 2009

"DIVULGAÇÃO DE PASSEATA EM PROL DA PMERJ"

.
.
As esposas de praças que quiserem se unir ao movimento "
Mulheres de Policiais" que com certeza estará lá serão muito bem vindas. Lembrem-se todas, a P/2 não pode fazer nada com nenhuma cidadã civil que comparecer no local para se manifestar, caso façam alguma coisa rumem direto para a delegacia da área e prestem queixa. O policial é obrigado a se identificar para sua ação ser considerada legal. Levem caneta e papel para anotar o nome e principalmente o RG desses que mais parecem com a SS de hitler.
.
Postado por Mônica (Praças da PMERJ) às
09:24

sexta-feira, 8 de maio de 2009

"DENÚNCIA SOBRE MORTE CAUSADA PELA GRIPE SUÍNA NO ISAERJ"


Anônimo disse...
DENUN08/05/2009Da Redação do Sindsprev/RJA Associação de Funcionários do Iaserj encaminhou, ontem, ofício ao Ministério Público, à Comissão de Direitos Humanos da OAB e da Assembléia Legislativa, denunciando a transferência, às pressas, de pacientes internados no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Iaserj, para a transformação do hospital em um centro de atendimento a suspeitos de gripe suína. A transferência dos pacientes em estado grave foi feita sem a autorização das famílias, na noite do dia 28 para 29 de abril, por ordem do secretário estadual de Saúde Sérgio Côrtes e do governador Cabral Filho.Os pacientes foram levados para os hospitais Albert Schweitzer, na Zona Oeste, e Alberto Torres, em São Gonçalo. Um deles, Francisco Orlando Alves, de 41 anos, morreu dentro da ambulância do Samu, ainda, no pátio do Iaserj.Toda esta pressa se deve ao fato do estado do Rio não contar mais com um hospital especializado em infectologia, como era o caso do São Sebastião, localizado no Caju, fechado pelo governo Cabral este ano. Também o Iaserj não tem as condições necessárias para atender às vítimas da gripe suína, já que vem passando por um processo de esvaziamento, com vários setores sendo fechados, inclusive o de esterilização de materiais.AmeaçaSegundo a presidente da Afiaserj, Mariléa Ormond, uma diretora da entidade de classe, foi ameaçada pelo major bombeiro Max, que passou a ser o responsável pelo CTI do Iaserj, com a militarização da saúde. “Ela viu quando os pacientes estavam sendo tirados do CTI e presenciou a morte de um deles. O militar, então, colocou o dedo em riste na direção da diretora da Afiaserj e perguntou, ameaçadoramente, o que ela faria com o que os olhos dela haviam visto”, contou Mariléa.A presidente da Afiaserj condenou a atitude do militar, bem como transferências. “O secretário e o governador agiram de forma irresponsável ao transferir pacientes internados no CTI, em estado grave, necessitando de cuidados especiais, de noite, para unidades distantes. E, pior, sem a autorização dos familiares. Estão fazendo como se fosse gado”, afirmou.CIA:
8 de Maio de 2009 19:22

"DESABAFO DE UM PRAÇA INDIGNADO"

.
.
É a primeira vez que expresso minha opinião em meu blog, pois o tenho usado como canal direto de informações e denúncias relativas a Polícia Militar do Rio de Janeiro, mas como o blog é recente e pouco visitado hão nele poucas postagens sobre denúncias. É notório o descaso da alta cúpula da PMERJ com relação as coisas ilícitas que nos cercam, e fácil notar na mídia que só a Polícia Civil do Rio é quem trabalha de verdade quando a tangente é a opressão ao tráfico de drogas, tráfico de armas, milícia, contravenção e etc... Quem sofre não é apenas a população carioca, mas a maior parte dos Policiais honestos que são a grande maioria, pais de família e cidadãos sofredores com a caçada cruel que tem acontecido nos constantes assassinatos de policiais. Percebe-se que os comandantes dos batalhões estão cada dia que passa mais submissos ao arregos, que são vistos as claras mais ninguém comenta na TV, RÁDIO ou JORNAIS, que são os caça níqueis em todos os bares da cidade, os escreventes do jogo de bichos escrevendo jogos livremente nas ruas, as vans e kombis irregulares circulando sem as devidas fiscalizaçoes. Tudo isso é atribuído no geral aos Policiais que trabalham nas ruas, mas todos sabem que quem não deixa a tropa trabalhar de verdade são os oficiais marginais e bandidos. Usam de seu poder administrativo para colocar os praças imbecís em serviços considerados bons por ter algum tipo de benefício lucrativo, em troca de que não mexam nas ilicitudes lucrativas a eles, e quando um praça ousa o fazer é transferido de unidade ou colocado em serviços considerados ruins e desumanos. Quando um praça prende um vagabundo representativo logo recebe uma ligação de um oficial como forma de intimidação, e se o praça não soltar o vagabundo acaba sofrendo represálias, como as perseguições constantes. Cadê o nosso Governador que não tem cobrado do Comando da PMERJ resultados representativos no combate ao crime, porque quem sabe e passa em frente a 1ª DPJM vê em bares em frente caça níqueis. Como pode esse orgão só querer prender praças por falta do uso do colete, por falta do uso da cobertura, por não estarem usando fardamento novo ou por usar celular e não irem aos bares apreender máquinas caça níqueis, será que só são Policiais para prender policiais praças por banalidades? Por que que em todo o grande Rio casas usam o sistema de tv a cabo clandestino e os batalhões nada fazem? Por que os PPCs não prendem ninguém dentro de favelas onde bocas de fumo funcionam a todo vapor e os praças nada podem fazer, pois se o fizerem serão movimentados de batalhões e a margarão serviços ruins. Vi em um batalhão um oficial prender a guarda do quartel por deixar um carro de um praça estacionar dentro do batalhão sem a devida autorização, mas quando viu-se que um dos carros não autorizados era de um tenente o assunto foi tratado de forma diferente, pois o Comandate da P/2 pediu para que deixasse para lá que ele iria resolver o caso... Cadê a dignidade de homem desses marginais safados travestidos de Policiais com a patente de oficiais??? Cadê mais ainda a dgnidade dos praças mais safados do que eles, por não os denunciarem ou os prenderem??? Talvez seja porque os oficiais saem impunes das canalhices e ficam perseguindo os praças até os colocarem na rua... A PMERJ já acabou faz tempos, tornando-se em um clube lucrativo para os sócios proprietários que são os oficiais, gerado pela mão de obra dos funcionários praças... E por aí vai...

"SERÁ QUE ESTÁ ACONTECENDO DE TUDO E O SECRETÁRIO DE SEGUNÇA DO RIO NÃO VÊ NADA???"

"MAIS UM DESABAFO POSTADO NOS BLOGS, CADÊ AS AUTORIDADES QUE NADA VÊEM?"
"PARABÉNS PRAÇAS DA PM"
.
.
Eu prometi para mim mesmo, que não escreveria mais, sobre a minha posição quanto ao oficialato na PMERJ, todavia, irei mais uma vez explicar o que penso! Não sou contra os oficiais de nossa PMERJ, toda vez que me refiro aos corruptos e safados, faço questão de escrever: Oficiais vagabundos, corruptos e etc, sempre coloco um adjetivo após escrever oficial/ais, como também coloco honestos ou similares aos oficiais do bem!
A minha batalha é contra os canalhas, ou seja, oficiais e praças canalhas, porém eu procuro direcionar as minhas manifestações aos oficiais bandidos é claro! Não por eu ser um praça, mas sim, por já haver muitas "Casas da Mãe Joana" encarregadas somente de prender praças! É só observar quantos coronéis em comando de unidades, já foram acusados de corrupção, gozam de regalias em seus reinos livres, leves e soltos! É uma verdadeira vergonha! Não se pode respeitar Corregedorias, PM/2 e P/2 da vida, sabendo que estes nunca fizeram e nunca farão nada contra oficiais superiores bandidos! Ah! Algum idiota costuma vir aqui comentar: Nunca se puniu tanto oficial na PMERJ!! Mais uma piada, mais uma vergonha! Quem é o ser vivo, que não sabe da ligação dos coronéis bandidos (Que não são poucos!) com a contravenção, por exemplo? Por que, em cada esquina temos vários bares cheios de caça niqueis? Será que o comandante do BPM da área, não sabe? Não só sabe, como controla bem de perto, afim de fiscalizar as suas comissões!!!Somente este exemplo, nem vamos citar outros tipos de corrupção nos comandos de BPM, já é uma vergonha para as Corregedorias ou "Casas da Mãe Joana", os que lá trabalham deveriam pedir para sair! São pessoas sem moral! Já que se submetem a prevaricar por ordem! Sejam homens! Saiam destas "organizações a serviço de coronéis bandidos"!!!! Se possuem vergonha na cara, o que fazem aí? Agora irão ficar putinhos e se esforçarão mais, para achar o pessoal do blog? É infelizmente, vocês se vendem por empreguinhos de escala boa, não possuem caráter, são fantoches e traidores, já que este locais estão lotados de praças traidores! Enquanto vocês praças, continuarem sem vergonha e sem moral, não devem ficar putinhos com o blog, o blog existe para a libertação de todos os praças! Somos praças e estaremos junto dos praças honestos! Contra oficiais bandidos, o que vocês fazem questão de fechar os olhos, bando de covardes imundos!!!! Me causa nojo, quando vejo alguém de corregedoria, pois sei que trata-se de um idiota vendido, um canalha a serviço de oficial bandido! Se não combatem o crime dos oficiais bandidos, trabalham para eles!!!!
SE O COMANDO DO BATALHÃO DETERMINAR, OU SEJA AUTORIZAR, AS MÁQUINAS CAÇA NIQUEIS ACABARIAM EM UMA SEMANA!
É CRIME, TODOS VÊEM, TODOS SABEM ONDE ESTÃO E NÃO SÃO APREENDIDAS!
POR QUÊ SERÁ?
O CORONEL NÃO QUER? OU TEM OUTRA EXPLICAÇÃO?
PRISÃO PARA TODOS OS COMANDOS, ONDE FUNCIONAM CAÇA NIQUEIS! O RESTO É PILANTRAGEM DOS COMANDOS VENDIDOS!!!!
SE É MENTIRA PRENDAM TUDO!!!!!
Postado por Cb Verdade! às
16:58 2 comentários

quinta-feira, 7 de maio de 2009

"VEJA COMO A PMERJ FEZ PARA IMPRESSIONAR O COI"

.
.
São três dias trabalhando pelo menos 13 horas seguidas em pé, sem poder sentar para descansar. Debaixo de sol ou de chuva, 70 policiais do Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (Gepe) são obrigados a ficar até 5 horas além do horário estipulado em normas internas, plantados em ruas de Copacabana para causar uma boa impressão aos integrantes da Comissão de Avaliação do Comitê Olímpico Internacional (COI), que estão no Rio desde segunda-feira para avaliar se a cidade tem condições de sediar as Olimpíadas de 2016.
Por conta da presença dos inspetores do COI, os policiais do Gepe (responsáveis pela segurança dentro de estádios em dias de jogos) foram requisitados para fazer o 'policiamento ostensivo' em Copacabana, já que o pessoal do COI está hospedado no Copacabana Palace.No entanto, nesse tipo de serviço, o PM fica em pé num ponto determinado, sem viatura, sem poder sair dali para ir ao banheiro ou beber água. Tudo isso durante as 8 horas diárias determinadas pelo regulamento da corporação. O problema é que os policiais não estão ficando as 8 horas determinadas. Eles estão trabalhando das 7h às 20h.
O grupo começou o serviço ontem e vai até sábado porque no domingo tem a final do Campeonato Carioca, quando Flamengo e Botafogo se enfrentarão no Maracanã, e todo ele precisa estar lá prontinho e preparado para garantir a tranquilidade e segurança dos mais de 80 mil torcedores que assistirão à partida."Saímos com as pernas e coluna estouradas de Copacabana. Até chegar ao Gepe para nos trocarmos e chegarmos em casa, já é quase meia noite. No dia seguinte, temos que sair de casa às 5h para estarmos lá de novo às 7h", contou um policial. Na quinta-feira à noite, muitos deles estavam revoltados e pensando em reclamar com seus superiores, mas o medo de represálias acaba por fazer com eles cumpram a ordem.
Já a outra metade do Gepe foi empregada nas Linhas Amarela e Vermelha, em apoio ao BPVE (que teve um PM morto e um baleado no serviço da madrugada dessa sexta-feira). Esses policiais, porém, não receberam coletes à prova de balas, e quando solicitaram o equipamento de proteção, souberam que não havia nenhum disponível. Além disso, durante as 13 horas de serviço, os policiais receberam apenas 5 esfihas e uma latinha de coca-cola de "almoço".

"PROPOSTA DE MUDANÇAS NO RDPM"


ALERJ

.


.

Policiais e bombeiros militares reformados poderão ser excluídos dos regulamentos disciplinares de suas corporações. A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou, nesta quarta-feira, em primeira discussão, o projeto de lei 676/07, que propõe a modificação como forma de poupar os reformados de penalizações que podem causar aos inativos a perda de seus proventos. A proposta ainda precisa passar por uma segunda votação em plenário.
— Minha intenção não é poupá-los de uma punição, mas evitar casos de perseguição ou erros de avaliação que possam causar a perda de proventos e, em caso de morte, a perda de pensão para as esposas —explica o deputado Paulo Ramos (PDT), autor do texto.
A proposta diz que as corregedorias da PM e dos Bombeiros deverão encerrar procedimentos em curso envolvendo reformados. O projeto diz que os militares reformados serão investigados pela Polícia Civil e que só poderão ser presos em flagrante delito de crime inafiançável, por mandados judiciais ou por sentença judicial transitada em julgado. E também que os militares reformados estaduais, ainda que condenados em sentenças judiciais a penas superiores a dois anos, não perderão sua condição de militar.
Já a pena acessória de perda de função só poderá ser aplicada pelo Tribunal de Justiça em caso de improbidade administrativa, corrupção ou extorsão e por crime contra a administração pública.
Você concorda com a proposta de excluir PMs e bombeiros reformados das penas previstas nos regulamentos disciplinares de suas corporações?

"TROCA DE COMANDO NO 2º CPA NA ZONA OESTE"



O Coronel Roberto de Oliveira Penteado assumiu, na manhã desta quarta-feira, o 2º Comando de Policiamento de Área (CPA), na Zona Oeste, no lugar do Coronel Paulo César Ferreira Lopes. A troca nessa e em outras 13 unidades da Polícia MIlitar foi determinada pelo secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, que estava insatisfeito com os resultados no combate ao crime obtido por algumas unidades e para evitar a acomodação (assista ao vídeo que mostra a troca de comando na PM). O comandante Penteado, que veio do 3º CPA, na Baixada Fluminense, relaciona os seus projetos para a região com o lema da PM: - O plano é o de sempre: servir e proteger a população e combater as irregularidades.
Sobre um dos principais problemas atualmente na Zona Oeste, os grupos milicianos, Penteado afirma que a ordem é combater a todos os criminosos, não só os paramilitares: - A prioridade é coibir todo o tipo de crime que exista na área.
Em discurso, o Coronel Lopes, que substituirá Penteado na Baixada, lembrou o trabalho feito pelo 2º CPA contra a contravenção e irregularidades no transporte e também citou as ocupações em favelas: - Desenvolvemos, aqui, ações nunca antes imaginadas pela tropa e pela própria sociedade. Somente no ano de 2008, foram apreendidos mais de cinco mil máquinas caça-níqueis e centenas de veículos de transporte coletivo e alternativo irregulares. Sem esquecer das ações que culminaram em ocupações eficazes, a exemplo do Batan, Fumacê, Cidade de Deus e Carobinha.
Lopes ainda deu um recado para quem não concorda com seu modo de trabalhar: - Aqueles que desagradei por qualquer razão entendam que sempre estive imbuído de objetivos legítimos e não os repudio por qualquer discordância. Afinal, nos dias atuais, o Brasil é um estado democrático de direito, e pensar livremente é inerente ao homem.

quarta-feira, 6 de maio de 2009

"DENUNCIEM AQUI FATOS OCORRIDOS DENTRO DOS BATALHÕES DA PMERJ"


DENUNCIEM!!!


Estou abrindo este espaço para informar os praças interessados em notícias referentes a atividade policial, mas também estou abrindo as portas aos praças injustiçados pelos oficiais desonestos da pmerj. Se calar e sofrer injustiças não é o ideal, pois quanto mais denúncias os Blogs postarem, mais em evidência fica o oficial denunciado. Seja da forma que for a denúncia, ela será postada e enviada a outros Blogs. Sua participação na caça aos marginais que são oficiais travestidos de policial é muito importante...


Não se cale diante dos coronéis arbitrários!

"MAIS UM PM MORTO E O SECRETÁRIO DE SEGURANÇA SEQUER SE PRONUNCIA"


Mais uma execução no Rio de janeiro!!!
.


.

O policial militar André Lixa do Nascimento foi mais uma vítima da guerra das milícias na Zona Oeste. O delegado da 36ª DP (Santa Cruz), Agnaldo Ribeiro, informou que o policial era ligado a um dos grupos paramilitares que travam uma batalha pelo controle da região. No entanto, prefere não afirmar a qual dos grupos ele pertenceria. Corre nos bastidores que ele seria um membro importante da quadrilha do ex- sargento da PM, Francisco César Silva de Oliveira, o Chico Bala.
O policial havia deixado o plantão no 27º BPM (Santa Cruz), onde era lotado, e ao passar com o seu carro, um Passat, na Rodovia Rio-Santos, parou para conversar com uma pessoa ainda não identificada. Seu carro foi cercado e vários homens começaram a fazer disparos contra o policial. André foi atingido por dezenas de tiros de fuzil e morreu na hora. No local do crime foram apreendidos 45 cápsulas de fuzis calibres 556 e 762.
Ainda segundo informações do delegado Agnaldo Ribeiro, o policial morto era o suspeito número um de ter assassinado o soldado do Exército conhecido como Rogério Macarrão, em fevereiro deste ano.

"ALERJ VOTARÁ NOVO ESTATUTO PARA PMERJ"


"Bico" de PMs na berlinda




Com o objetivo de prosseguir com a discussão sobre a criação de um novo estatuto para a PM, a Comissão Especial da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) criada para elaborar o documento, presidida pelo deputado Coronel Jairo (PSC), realizará uma audiência pública, na próxima sexta-feira (08), às 10h, na sala 311 do Palácio Tiradentes.
— A prioridade é colher o maior número de opiniões possível, abrangente e democrático para a elaboração de um novo regulamento. Não é admissível que, depois de 28 anos de estatuto, nada seja alterado para a sua melhoria. A ideia é valorizar a corporação não só quanto ao salário, mas também quanto às condições de trabalho — ressaltou o deputado. A regulamentação do segundo emprego para os funcionários da área de Segurança do estado, o chamado "bico", o pagamento de horas extras aos PMs e a redução dos prazos de formação de oficiais e praças são algumas das reivindicações que serão discutidas para a nova formulação do estatuto. Foram convidados para o encontro o comandante da PM, coronel Gilson Pitta, e representantes de associações que lutam pelos direitos de ativos, inativos e pensionistas da Polícia Militar.


Na sua opinião, quais são os principais problemas do atual estatuto da PM?


O que deveria ser mudado?

"WAGNER MONTES NA LUTA A FAVOR DOS PRAÇAS"

A PEC 41/2009 vem reparar inúmeras injustiças que acontecem com os servidores públicos do estado do RJ em geral, particularmente com os PMs, que submetidos a Processo Administrativo Disciplinar, muitos, mesmo com os votos favoráveis dos membros do Conselho e de seu comandante, são excluídos e depois na justiça, quando inocentadados, não recebem qualquer reparação na esfera administrativa. A aprovação da PEC 41, independe do Governador, cabendo somente aos deputados a sua aprovação, portanto devemos enviar email aos 70 deputados estaduais pedindo sua aprovação. PROPOSTA DE EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 41/2009EMENTA: ACRESCENTA O §13º AO ARTIGO 91 DA CONSTITUIÇÃO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Autor(es): Deputado WAGNER MONTESA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRORESOLVE: Art. 1º - Fica acrescido o § 13º ao artigo 91 da Constituição do Estado do Rio de Janeiro:Art 91 - (...);§ 13º - O servidor público militar estadual demitido por ato administrativo, se absolvido pela justiça, na ação que deu causa a demissão, será reintegrado à Corporação com todos os direitos restabelecidos. Plenário Barbosa Lima Sobrinho, 26 de março de 2009. Deputado WAGNER MONTES Presidente da comissão de Segurança pública e Assuntos de Polícia
JUSTIFICATIVA: Ao longo dos últimos anos, tem-se verificada a grande incidência de policiais militares e bombeiros militares demitidos de suas corporações a bem da disciplina, decorrente de processos administrativos disciplinares, em que a causa da demissão tem vinculação exclusiva com a ação criminal que respondem, contudo, infelizmente, na maioria dos casos a absolvição da ação criminal, com o seu trânsito em julgado, não tem qualquer repercussão na esfera administrativa.

terça-feira, 5 de maio de 2009

"PEC 300/08 - NÃO VAMOS DEIXAR CAIR NO ESQUECIMENTO"




Não vamos deixar a luta pela PEC "Esparta" esmorecer, vamos ligar de todo o Brasil, desde já, para a Câmara dos Deputados, 0800 619 619, é gratuito, e pedir a aprovação da PEC 300/08. Você pode ligar de segunda à sexta-feira, das 08 às 20hs de qualquer aparelho fixo,inclusive orelhão. Vamos divulgar esse número de telefone nos batalhões das PMs , Vamos fazer uma gigantesca mobilização,enviando email(deputados@camara.gov.br ) e ligando para a Câmara dos Deputados, a fim de pedir a aprovação da PEC 300/08 .

"MAIS UM PM ASSASSINADO NO RIO"

Cabo da PM é assassinado em tentativa de assalto
.
Marcelo Dutra
."RIO - O cabo da Polícia Militar Carlos Jorge Silva Ramos foi morto durante uma suposta tentativa de assalto, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, no início da madrugada desta segunda-feira. De acordo com informações do 21º BPM (Meriti), o policial estava com uma mulher no Vectra KWF-1430, quando foi abordado por homens armados que estava num carro de cor escura, na Rua Souza Neves, bairro de Coelho Neto, pouco depois da meia-noite. Carlos Jorge reagiu e houve troca de tiros. Baleado, o PM, que é lotado no 32ª BPM (Macaé), ainda foi socorrido e levado para o Posto de Atendimento Médico (PAM) de Jardim Meriti, mas não resistiu aos ferimentos. Os bandidos conseguiram fugir. O caso será investigado pela 64ª DP (Vilar dos Teles)."
.

domingo, 3 de maio de 2009

"MAIS UMA VIATURA DA PMERJ É ATACADA NO RIO"


Patrulha da PM é metralhada na Tijuca

Gabriela Moreira/Extra
."RIO- Um cabo da Polícia Militar foi baleado, na madrugada deste domingo, na esquina das Ruas Conde de Bomfim e Uruguai, na Tijuca. Segundo informações da PM, o policial e um colega estavam dentro de um carro da corporação, quando avistaram homens suspeitos no interior de dois automóveis. Os policiais tentaram abordar os veículos, mas os ocupantes dos carros metralharam a patrulha da PM. Um dos tiros atingiu a perna do cabo. Ele foi medicado e já está em casa.O outro policial não ficou ferido. O caso foi registrado na 19ª DP (Tijuca)."

"DENÚNCIA NO BLOG PRAÇAS DA PMERJ"


Mais denúncia, desta vez do 15º BPM

Uma assombração vaga pelo 15° BTL

"Major PM Marcelo Bernardo, um homem sem escrúpulos, não tem limites, não respeita a ninguém, faz o que quer e chega no BTL a hora que bem quiser. Dono do “Gato net” de Nilópolis, chefe da milícia naquele município e do transporte irregular como se não bastasse em seu currículo ainda presta serviço de segurança para a contravenção, Não pensem que o comandante da unidade, Cel. PM Corso desconhece estes fatos, pelo contrário, não só conhece como coaduna com as atitudes ilegais de seu subordinado, entregando praticamente o comando em suas mãos a bem da propina que recebe mensalmente. Já o Subcomandante, permanece inerte por temer o Major Bernardo. Notasse que o único que não tem medo deste homem é o Major Brandão, há de registrar que durante a história deste Batalhão é considerado o mais corrupto, recebedor de propina semanal das comunidades dominadas pelo tráfico neste município.Recentemente o Batalhão foi alvo de um escândalo envolvendo 74 policiais acusados de ligação com o tráfico de entorpecentes e acreditem, muitos estão voltando apoiados pelo Majores Bernardo e Brandão e ocupando funções de “combate ao tráfico". Acreditem se quiserem. Não suportamos mais essa situação. Não são somente nós praças que tememos esse homem, mas até mesmo os oficiais. A situação é tão irregular que os aspirantes a oficial estão exercendo atividades externas se acompanhamento.”

"SAIU NA COLUNA DA *BERENICE SEARA* NO JORNAL EXTRA!!!"



"PRIMEIRO NO RANKING"


Promovido ao último posto da PM em agosto de 2008 - era o primeiro nome da lista enviada ao governador Sérgio Cabral - o coronel Mauro Sérgio da Silva Reis deve amargar agora mais do que o simples ostracismo na Divisão Geral de Pessoal (DGP). O inquérito aberto a pedido do Ministério Público Militar, e concluído recentemente, encontrou indícios de que o moço cometeu nada menos do que seis crimes nos últimos tempos.


Entre outras coisas, o moço estava dirigindo um carro que se envolveu numa batida na Avenida Brasil em 16 de junho de 2008 - mas não tem carteira de habilitação. Reis também é acusado de ter fraudado um mandado de prisão para "brincar" com um "sargento", seu subordinado. Fez parte da brincadeira levar o "sargento" "detido" e sob escolta para o 12º BPM (Niterói) - e ainda avisar à família do "sargento" sobre a prisão.



"OS RESPONSÁVEIS"


Curioso é lembrar que o governador Ségio Cabral se orgulha de seguir à risca a lista com o ranking dos oficiais aptos a serem promovidos - elaborada pelos próprios PMs (na verdade pelo mudinho). O secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, também faz questão de não se envolver na escolha daqueles que vão subir o último degrau. A decisão, para o bem e para o mal tem ficado a cargo da própria corporação.


Não é possível que ninguém esteja vendo a covardia que está a contecendo na PMERJ. Onde os oficiais podem tudo e os praças estão sendo esculachados, umilhados e submetidos com rigor ao RDPM. Será que o governador ainda vai fingir que nada vê? O COI se anunciou públicamente à imprensa alegando que o Rio de janeiro é um ótimo lugar para acontecer uma olimpiada, mas o Estado não apresentou um plano de Segurança Pública. Vê-se então que à Polícia é mais do que necessária para o Brasil conseguir sediar os jogos olimpicos de 2016. A união faz a força, basta os praças quererem...

sábado, 2 de maio de 2009

"ESPOSA DE PRAÇA DA PMERJ"

O blog Esposa de praça da PM nós já conhecemos, é de autoria da senhora Silvia Gomes e é um blog que expõe, de uma maneira bem morna, mas inteligente, as dificuldades dos praças da PMERJ, além de outros assuntos. Existe também o MMAI que nada mais é que um movimento de esposas de Barbonos ou simpatizantes, tem muita esposa de oficial lá e por isso não o divulgamos aqui, o que elas querem é diferente do que nós queremos e não podemos contar com elas para nada. Agora surge uma verdadeira luz no fim do túnel, um blog de uma mulher de policial que realmente quer fazer a diferença, uma mulher que teve coragem de reunir um grupo para se manifestar no dia 21 de Abril, infelizmente por motivos de força maior não tiveram êxito, mas já foi um começo. Essa mulher está com um blog que gostaria muito que todos dessem uma olhada, o nome do blog não poderia ser mais sugestivo Mulheres de Policiais e é de autoria da Sra. Suely Cardoso. Tanto a Sra. Silvia quanto a Sra. Suely tem muito a contribuir para as melhorias de seus maridos, falta saber quantas mais estão dispostas a fazer parte dessa luta. Lembrando que, melhoria não é só aumento de salário, isso é muito importante, mas não é tudo. Melhorias são também mudanças nas escalas de serviço, pagamento de horas extras, principalmente no carnaval e fim de ano, mudanças no RDPM com o fim das prisões e detimentos, etc... Por isso a divisão, mulheres de praças do resto. O resto só quer aumento de salário e mais nada, nós queremos mudanças na estrutura da PMERJ, para que os homens e mulheres que dão duro tenham um mínimo de condições de trabalho.

"NO RIO CAÇADA A PMS CONTINUA E NADA ACONTECE"

Dois policiais baleados na madrugada desta sábado
.
"O sargento Paulo Roberto Lino dos Passos, lotado no Batalhão do Estácio, foi baleado após um uma tentativa de assalto, em São João de Meriti. O sargento foi atendido no Posto de Atendimento Médico do município e removido para o Hospital da corporação no Estácio. Em Campo Grande, na Rua Augusto de Vasconcelos, um PM reformado que estava acompanhado de sua mulher em um carro, foi atacado por bandidos que estavam em uma van branca. Os criminosos abriram fogo contra as vítimas, sendo que o PM reformado recebeu três tiros. Segundo informações da Polícia, o policial reformado está fora de perigo. O casal foi socorrido no Hospital Rocha Faria, em Campo Grande"

"A VIOLÊNCIA CONTINUA E NENHUMA AUTORIDADE VÊ"

Rádio patrulha

Índices de violência aumentam em Caxias


Dos 22 índices de violência medidos pelo governo estadual, 14 pioraram em Duque de Caxias em um ano. Em 2007, foram assassinadas 501 pessoas. No ano passado, esse número saltou para 581. Segundo o secretário municipal de Segurança, o ex chefe de Polícia Zaqueu Teixeira, a prefeitura pretende criar 30 pontos de monitoramento para a Guarda Municipal, com cabines blindadas e sistemas de câmera, além de comprar um helicóptero. A aeronave serviria para mapear a cidade.

"OLHA AÍ A REALIDADE QUE QUEREM QUE O MUNDO NÃO VEJA"

Bando faz duplo arrastão na Linha Amarela antes do COI passar



O reforço de policiamento na Linha Amarela não foi capaz de evitar que um grupo de bandidos praticasse roubos e assaltos na via, na manhã desta sexta-feira. Poucas horas antes do grupo do COI passar pela Linha Amarela, rumo ao Engenhão, dois arrastões fizeram pelo menos quatro vítimas na via expressa. Tudo indica que o mesmo grupo que interceptou dois automóveis por volta das 7h30m, voltou a atacar às 10h, utilizando um dos carros roubados no primeiro ataque.
No primeiro ataque bandidos armados pararam o trânsito na via expressa na pista sentido Centro, próximo ao acesso a favela Vila do João, e roubaram um Frontier e um Mitsubishi. No Frontier estavam Cláudio e o filho. Hugo Mello dirigia o Mitsubishi. Os criminosos roubaram os carros, além de cordões, celulares, relógios e outros pertences das vítimas.
Às 10h, um grupo de quatro homens, ocupando uma Pajero preta, semelhante à que havia sido roubada no arrastão anterior, interceptou uma moto, na altura da saída 4. O bandido acabou perdendo o controle da moto, caiu, mas conseguiu levantar e render uma família que ocupaca uma Hilux, liberando os ocupantes e levando o automóvel. A família - um casal e três crianças - viajava para passar o feriado em Minas Gerais.